sexta-feira, 3 de março de 2017

[TEXTO] O fim, é a salvação?




        O problema é que essa maré de tristeza sempre volta, e não é a tristezinha boba, que dá e logo já passa, é a monstruosa mesmo, a devoradora de alma. Sabe aquela tristeza que lhe causa dor? que lhe sufoca? que faz você sentir vontade de desistir de tudo?
         É claro que a felicidade existe, mas não é feita de plenitude e constante como todos falam, ela é esporádica, alguns escassos momentos que aparece e lhe entrega uma cena fantasiosa, você acha que é feliz pois esse momento é bom, é tudo que você desejou ou apenas lhe causa satisfação, e por esse curto período ao decorrer do tempo, se sente completamente feliz. Mas por que, senhor, esse momento não perdura? não lhe engole nele e fica com você até o fim da vida?
          No fim a tristeza volta, e volta com tudo. Lhe traz todas e velhas lembranças ruins, a angustia volta a atormentar, a melancolia assombra novamente, a dor cresce de uma maneira exagerada, as vezes nem consegue sentir, seu corpo está anestesiado com tanta dor e você precisa se sentir viva de alguma forma, não é? É preciso causar reações em seu corpo, para que ele não definhe nesse estado de vazio. O vazio vem roubar sua paz, em todo canto, não existe nada que faça alguma razão. O silencio é uma variação de paz e de extremo tormento, pois o silencio chega a gritar, e sua alma tanto o seu corpo estão fragilizados e não aguentam mais nada.
         Há quem procure algum tipo de salvação no meio desse assustador sofrimento, mas existe pessoas capazes de enxergar um pouquinho do tamanho dessa dor? Você vai tentar, vai contar um pouco sobre sua tristeza, vai abrir seu coração, mas as respostas serão sempre as mesmas, VOCÊ É FRACA; lamentar para que? olha a vida ótima e incrível que você leva; tudo que você tem e outras pessoas não tem; elas nem um pouco disso tem; você é egoísta; eu, sim, tenho motivos para estar triste, você? não. Mas essas palavras duras são para o seu bem, são para você encarar a realidade e esquecer o drama, pois a vida é boa e é só continuar. Você, inevitavelmente, vai se sentir pior, pior que a pior pessoa existente no mundo, pois vai acabar acreditando nessas palavras que acham ser verdade, a culpa não é delas, na verdade, elas apenas não lhe compreendem, e você estará errada, sempre. Mas você NÃO está errada, e a tristeza está ao seu lado para lhe mostrar isso.
       Você vai acabar se fechando, se encolhendo perante o mundo e pelas pessoas, vai se tornando invisível, em estado de vida perfeita pois tentar se expressar não resolve, você procurou por alivio, conforto e encontrou mais motivos para se sentir mal. Mas se você tem alguma pessoa que te escute e lhe diga uma palavra de compreensão, então levante as mãos para o céu e agradeça, e, nunca deixe essa pessoa escapar, ela pode nunca mais voltar...
         Tão sentimental, tão dramática, tão exagerada. É o que querem que você acredite que seja, mas não é assim, né? Já segurou tantas e boas, foi a mais forte e dura que conseguiu, aguentou até o limite, se está desmoronando é porque não consegue mais suportar, esse fardo está excessivo e você precisa se libertar.
          Empatia é o sentimento mais raro existente, e não se sinta mal por isso, nada que falem vai lhe devolver a alegria novamente, a tristeza é magnética e vai voltar para a sua amada. Não queira que outrem entenda um sentimento que é só seu, ninguém será capaz de compreender o que está passando, que o que você só consegue sentir é a dor. no corpo, na alma. O abismo entre viver e sobreviver vai continuar existindo, você o conheceu faz tempo ou ainda vai conhecer, mas nunca vai se livrar dele. A vontade de não sentir mais nada vai ser enorme, de deitar e descansar, sem se preocupar com nada, não sentir, não existir... Mas eles estão certos, você é fraca, e adia uma certeza absoluta, uma hora ou outra vai acontecer e você não terá culpa, lutou até não aguentar mais, até o fim.
         Talvez a salvação esteja no fim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja coerente